domingo, 8 de outubro de 2017

Não ignore a disfunção erétil: é tratável!

Se você é um homem com diabetes, temos boas notícias e más notícias sobre sua vida sexual.
A má notícia: os homens com diabetes são três vezes mais propensos a relatar problemas com o sexo do que homens não-diabéticos. O problema sexual mais comum é a Disfunção Eréctil, às vezes chamado de impotência. Pior ainda, porque a ED é uma questão privada, muitos homens sentem-se envergonhados de discutir o problema com seu médico, ou mesmo com seu parceiro, então o problema nunca é abordado.

A boa notícia: ED é uma das complicações mais tratáveis ​​da diabetes. Na verdade, mais de 95% dos casos podem ser tratados com sucesso. Com tratamentos comprovados disponíveis, os homens diabéticos com ED possuem opções. Não é algo que você, ou seu parceiro, deveria ter que viver.

O que é Disfunção erétil e o que não é

ED significa a incapacidade repetida de alcançar ou sustentar uma ereção suficiente para relações sexuais. Embora o vigor sexual geralmente diminua com a idade, um homem saudável, fisicamente e emocionalmente deve ser capaz de produzir erecções e desfrutar de relações sexuais, independentemente da idade. ED não é uma parte inevitável do processo de envelhecimento.
Disfunção erétil não significa: 

• Uma falha ocasional na realização de uma ereção. O ditado é verdadeiro: realmente acontece com todos. Todos os homens experimentam dificuldades ocasionais com ereção, geralmente relacionadas à fadiga, doença, consumo de álcool ou drogas ou estresse. Não é divertido, mas é totalmente normal.
Diminuição do interesse pelo sexo. Ocorre quando um homem está interessado em sexo, mas ainda não consegue alcançar ou manter uma ereção. Muitos homens com diabetes também experimentam uma diminuição do desejo sexual, muitas vezes como resultado de desequilíbrios hormonais ou depressão. A diminuição do desejo sexual é bastante tratável, mas é tratada de forma diferente da Disfunção erétil.

Problemas com a ejaculação. Tais problemas geralmente indicam um problema estrutural com o pênis. O tratamento mais comum é cirúrgico.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Conheça o Sênior Júnior

Todo homem alguma vez na vida pode sofrer com a falta de ereção no meio de uma transa. Ela pode acontecer inclusive antes mesmo do ato sexual se iniciar. Quando acontece uma vez ou outra, é algo completamente normal e todos os homens estão propensos a isso. Não é motivo pra constrangimento, vergonha ou insegurança. É algo comum, busque manter a calma e não se desespere. Quanto mais nervoso o homem ficar, mais difícil será iniciar uma ereção para dar continuidade ao sexo.

A boa notícia é que ela é tratável, mas é importante buscar auxílio de um médico de confiança para saber as causas da disfunção erétil. Homens fumantes ou aqueles que possuem algum grau de diabetes estão mais propensos a sofres desta disfunção erétil. É preciso evitar também o consumo de álcool em excesso, principalmente algumas horas antes de uma possível transa. Níveis baixos de álcool podem fazer o homem se sentir desinibido e poderoso, mas quando em excesso na corrente sanguínea, ele prejudicará o desempenho sexual na cama.


Dentre os vários tratamentos disponíveis, o mais conhecido é o Viagra. Ele faz com que a circulação sanguínea na região peniana seja maior. Com o maior fluxo de sangue no pênis o homem consegue ereções mais potentes. Porem o problema é que o Viagra é constantemente ligado à casos de problemas cardíacos, o que impossibilita muitos homens de tomá-lo.

A boa notícia é que existe um tratamento natural no mercado, o Sênior Junior.  O senior funciona mesmo para pessoas que não possuem qualquer disfunção sexual, mas querem dar um up no seu desempenho. Ele é 100% natural e ao contrário dos medicamentos de farmácia, não traz quaisquer riscos à sua saúde.


Sua fórmula tem como ingrediente principal a maca peruana, que é um tubérculo poderoso, usado há milhares de anos nos Andes e tornou-se conhecido mundialmente ao redor do mundo todo, devido ao seu efeitos benéficos no aumento de produção de esperma, infertilidade e virilidade.