sexta-feira, 26 de março de 2021

Como prevenir a diabetes? Confira essas informações!

A diabetes é uma doença que atinge mais de 13 milhões de brasileiros. Muitas vezes, o diagnóstico demora para ser feito, o que favorece o surgimento de complicações graves de saúde.

Curiosamente, existem medidas que podem ser adotadas no dia a dia para prevenir a diabetes. Aqui, indicamos quais são elas e damos mais informação sobre essa doença. Confira!

 

O que é diabetes?

Diabetes é uma doença crônica, ou seja, que se desenvolve lentamente e, em alguns casos, não tem cura. Nessa doença, o corpo não produz insulina ou não consegue utilizá-la corretamente.

Insulina é um hormônio que controla o nível de glicose no sangue, que é de onde nosso corpo tira energia para realizar todas as suas funções e garantir seu pleno funcionamento.

Pacientes diabéticos possuem deficiência de insulina e não conseguem usar a glicose corretamente. Com isso, há um aumento dessa substância no sangue, provocando a hiperglicemia.

O excesso de glicose no corpo provoca sérios danos aos nervos e vasos sanguíneos, inclusive disfunções e falência de órgãos como os olhos, coração e rins.

 

Tipos de diabetes e causas

Existem três tipos de diabetes e cada um possui características distintas. Conheça, a seguir, quais são e suas causas:

 

Diabetes tipo 1

Tipo que ocorre quando o sistema imunológico ataca o pâncreas, levando à destruição de células que produzem a insulina. Portanto, o paciente não tem quantidade alguma desse hormônio.

 

Diabetes tipo 2

É o tipo mais comum (90% dos casos) e é provocado pelo acúmulo de peso. Possui maior incidência entre pessoas a partir de 40 anos, quando se está mais suscetível ao acúmulo de gordura abdominal, que impede a ação da insulina.

 

Diabetes gestacional

Como o próprio nome indica, trata-se de um tipo que ocorre durante a gravidez. Isso acontece devido aos hormônios que são produzidos naturalmente pela placenta. Depois do parto, o quadro se normaliza.

 

Fatores de risco da diabetes

Existem vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver diabetes. Abaixo, apresentamos quais são:

·        Histórico familiar;

·        Alteração do nível de glicose no sangue;

·        Acúmulo de gordura na região do abdômen;

·        Obesidade;

·        Sobrepeso;

·        Hipertensão;

·        Sedentarismo;

·        Má alimentação.

 

Sintomas da diabetes

A diabetes é uma doença silenciosa e quando os sintomas aparecem já está instalada em estado um pouco mais avançado. De modo geral, estima-se que 50% das pessoas que têm diabetes não sabem disso.

Mas, quais são os sintomas mais comuns? Há uma lista que ajuda a diagnosticar a doença com maior precisão, como a que apresentamos a seguir:

·        Níveis de glicose muito altos, normalmente verificados em exames de sangue;

·        Vontade de urinar frequentemente;

·        Fome e sede em excesso;

·        Fadiga;

·        Fraqueza;

·        Alteração na visão;

·        Náusea e vômito;

·        Perda de peso;

·        Dor na perna;

·        Infecções, principalmente na pele;

·        Machucados com cicatrização demorada;

·        Sensação de dormência e formigamento, sobretudo nos membros inferiores;

·        Alterações de humor.

 

Como é o diagnóstico da diabetes?

O diagnóstico é feito por meio de exames de sangue que possibilitam identificar o nível de glicose. Se for entre 100 e 127mg/dl, o risco de diabetes é alto e o quadro é classificado como pré-diabetes.

Caso o nível esteja acima de 127mg/dl em dois exames seguidos ou acima de 200mg/dl depois de ingerir carboidrato, o paciente é diagnosticado com diabetes.

 

Tratamento para diabetes

O tratamento para diabetes depende do tipo da doença. Na diabetes tipo 1, o paciente é insulinodependente, portanto, o tratamento consiste na reposição de insulina diária.

Já na diabetes tipo 2 o tratamento é medicamentoso, com remédios que melhoram a resposta do organismo à insulina, além de estimular a produção do hormônio e controlar os níveis de glicose no sangue. Mas, depois de 10 anos do diagnóstico normalmente é preciso fazer reposição de insulina.

Na diabetes gestacional, recomenda-se somente ter uma alimentação equilibrada e fazer exercícios. Se não houver controle da glicose, o médico pode prescrever insulina.

 

Como prevenir diabetes

Mas, afinal, como prevenir a diabetes? Há diferentes formas de conseguir esse resultado, como as que são listadas abaixo:

 

Emagreça

O sobrepeso, obesidade e acúmulo de gordura na área abdominal dificultam a ação da insulina. Portanto, tente emagrecer e se manter em um peso ideal para seu biotipo.

 

Faça exercícios físicos

Os exercícios físicos possibilitam o emagrecimento, melhoram a resistência física e contribuem para que o organismo realize suas funções corretamente.

 

Alimente-se melhor

Corte alimentos ricos em gordura, sal e açúcar, como industrializados e comida congelada. Prefira frutas, legumes, verduras e carnes magras, que são mais nutritivos e possibilitam o emagrecimento e manutenção do peso.

 

Utilize produtos naturais para diabetes

Ótimos exemplos de produtos para diabetes são os suplementos de vitaminas e minerais, garantindo suporte ao organismo na manutenção de suas funções e prevenção da doença.

Na lista de produtos para quem tem diabetes e para prevenção há alternativas como Pata de Vaca, Magnésio Quelado, Ayslim, entre outros. Se já tiver a doença, consulte seu médico antes de utilizar tais suplementos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário